O poder da vontade

http://cdn.sheknows.com/articles/2011/08/green-lantern-2-ryan-reynolds.jpg


Assisti, ontem, ao filme Lanterna Verde (2011). Minha namorada, que assistia comigo ao filme, logo me disse: "Por que você não posta um texto no Blog sobre isso?". Conversamos sobre alguns aspectos da história do filme e decidi postar. Então, aqui vai.

Não conhecia direito a história do Lanterna Verde, nem de uma de suas versões: Hal Jordan. Soube, por amigos, algumas coisas sobre esse super-herói e como ele já teve sua história recontada inúmeras vezes nos quadrinhos.

O que mais me chamou a atenção no filme foi a origem dos super-poderes do Lanterna Verde: a vontade. Na história, seres chamados Guardiões criaram uma forma de utilizar a energia da vontade, que emana de todos os seres vivos do universo, para usar como arma contra a injustiça. A vontade seria a força mais poderosa do universo, capaz de destruir qualquer ameaça. Esses Guardiões dividiram o universo em setores e, para cada setor, a Vontade escolheu representantes, que passaram a formar o grupo de Lanternas Verdes (Green Lantern Corp).

No filme, a maior ameaça já enfrentada por esses heróis da justiça chama-se Parallax. Esta criatura é um inimigo que se utiliza de outra força poderosa do universo: o medo, que seria uma das poucas forças capazes de deter a Vontade.

Pensando no Evangelho e na vida cristã, logo a verdade desta constatação se apresentou a mim e percebi que, de fato, o medo inibe bastante nossa vontade. Quando temos medo nem conseguimos concretizar nossa vontade nem a vontade de Deus para nós.

Priscila lembrou-me da passagem de Romanos 8:14-15, que diz:

Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus. Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o Espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Aba, Pai.

É pelo Espírito de Deus que podemos superar o medo e viver a vontade de Deus, como verdadeiros filhos dEle. Pelo Espírito de Deus, podemos superar nossas fraquezas e entender que é Deus quem nos aperfeiçoa, se o permitirmos. A culpa, gerada pelo medo de ser castigado, também nos atrapalha e impede que nossa vontade de acertar seja mais poderosa do que a lembrança de nossas falhas.

Meu convite, através do filme Lanterna Verde, é que não enfraqueçamos nossa vontade de seguir a Deus, de fazer viver o evangelho e o amor de Cristo, mas que deixemos de lado todo medo, que nos atrapalha, e sigamos no Caminho confiantes na Graça de Deus que nos perdoa, nos limpa, nos preenche e transforma para brilharmos na Luz de Cristo e glorificarmos a Deus, nosso Pai.

2 comentários:

  1. No amor não há temor, antes o perfeito amor lança fora o temor; porque o temor tem consigo a pena, e o que teme não é perfeito em amor. 1 João 4:18

    ^^

    ResponderExcluir
  2. Perfeito, Gilton! É isto mesmo! Valeu, Grande!

    ResponderExcluir