Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2011

Além do Planeta Silencioso

Imagem
Uma boa indicação de livro cristão-nerd é Além do planeta silencioso. É o primeiro livro da trilogia cósmica de C. S. Lewis, autor cristão britânico, mais conhecido pela série As crônicas de Nárnia (igualmente interessante). Neste livro se iniciam as aventuras espaciais de Ransom, personagem central da série que é seguida pelos livros Perelandra e Aquela força medonha (ambos com edição brasileira prevista pela Editora WMF Martins Fontes).

No livro, o Prof. Dr. Elwin Ransom acaba entrando de forma inesperada em uma nave espacial para Malacandra e lá conhece outras espécies e raças que habitam o planeta. Não pretendo fazer spoiler sobre o livro (para os que ainda não leram), só quero incentivá-los à leitura pelo que o livro traz de discussão sobre a criação, a queda da humanidade em pecado, diversidade de habilidades e aptidões, função e objetivo do saber científico e a experiência com as forças sobrenaturais.

É um livro bastante interessante para todos que curtem ficção científica mis…

Vivo ou morto?

Imagem
Já faz alguns anos que assisti pela primeira vez a série de TV Band Of Brothers, do canal HBO. O programa trata de um grupo de soldados da 101ª divisão aerotransportada do Exército americano durante a Segunda Guerra Mundial, a compania Easy. Os homens da Easy Company saltaram de pára-quedas no dia D (6/6/44) e até a rendição alemã (8/5/45) estiveram no campo de batalha, enfrentando as batalhas mais duras da frente ocidental. Band Of Brothers chamou minha atenção por diversos motivos, entre os quais destacam-se o fato de ser baseada em fatos reais, os efeitos especiais, a qualidade da produção, os detalhes históricos, etc. Também me chamou atenção uma certa cena, e a reflexão que fiz dela, baseado na Bíblia. É disto que quero tratar neste post.
Em um dos episódios, especificamente o 3º, nos deparamos com dois personagens diametralmente opostos. O soldado Albert Blithe e o tenente Ronald Speirs. Enquanto Speirs torna-se figura folclórica por sua valentia e atos de bravura, ainda durante …

REPTILIANOS

Imagem
Imagens originais retiradas de:

http://images.elfwood.com/fanq/d/i/dint2/orochimaru2.jpg   /   http://fc03.deviantart.net/fs71/f/2010/209/c/6/reptile_mortal_kombat_by_jokershino.jpg   /   http://worldfamousdesignjunkies.com/wp-content/uploads/2009/12/Lizard-Spiderman-Cartoon.png   /   http://www.the-isb.com/images/CobraCommanderCover.jpg    /    http://www.onepercentpress.com/post/voldemort.jpg  /   http://farm4.static.flickr.com/3111/3163793199_9e0bb022ab.jpg    /   http://www.planetamario.com/wp-content/uploads/2010/03/Super-Mario-Bros-3-Bowser.jpg    /    http://fc01.deviantart.net/fs30/f/2008/070/2/7/The_Eye_of_Sauron_by_oldmanbassoon.png    /    http://www.how-to-draw-cartoons-online.com/image-files/how-to-draw-godzilla-16.gif

Uma nova esperança

Imagem
http://www.jedidefender.com/collect92/luke%20anh.jpg
Uma nova esperança é o título do primeiro filme da série Star Wars (também conhecido como episódio IV). Neste filme, vemos o roubo com sucesso da planta da Estrela da Morte, o resgate bem-sucedido da Princesa Léia e a primeira vitória da Aliança Rebelde contra o Império Galáctico: tudo isso já justificaria o título do filme.

Mas quero enfatizar outro ponto do filme que aponta para a esperança: o surgimento de Luke Skywalker. O filho de Anakin Skywalker com Padmé Amidala gera esperança por iniciar seu treinamento como Jedi junto a Obi-Wan Kenobi. Os Jedi, extintos e exilados da galáxia, eram propagadores de paz e harmonia e, por isso, eram solicitados a ajudar planetas e sistemas com dificuldades, sejam quais fossem.

O uso da Força por parte dos Jedi permitia grandes e diversos feitos que iam de levitar objetos a interferir na disposição emocional das pessoas. Esse poder que os Jedi possuíam os tornavam poderosos aliados nas guerras …

Breve reflexão

Imagem
http://importantbutnotatall.files.wordpress.com/2011/05/thinking.jpg

Espero que um dia as pessoas entendam... que é muito mais saudável mudar as palavras ofensivas, duras e vulgares pelo silêncio. E que mais agradável que o silêncio é o falar palavras doces, amáveis e verdadeiras (tão raras hoje em dia).

Não se trata de não ver o mal que nos cerca, mas sim de valorizar muito mais o bem. Não se trata de dizer que coisas ruins não acontecem, mas de tentar fazer apenas as coisas boas.

Conhecer a Deus

Imagem
Ontem estive conversando com uma pessoa cheia de questionamentos. A maioria de seus questionamentos eram questões gerais, que a maioria das pessoas já fez alguma vez na vida: perguntas sobre a existência de Deus, Seus propósitos, Sua forma, etc. Na verdade, isso que é exposto como questionamento, muitas vezes não passa de alguma certeza que as pessoas têm. Por mais longe da realidade que alguém possa estar, é mais fácil se apegar a seus próprios conceitos do que cogitar a possibilidade de um engano.

A conversa iniciou-se quando ele, baseado na revista Superinteressante, questionou a existência histórica de Jesus. Eu, como crente e, sobretudo, como professor de História, fui mostrar pra ele que Jesus é um personagem histórico real, e que não há razão para duvidar de sua existência.
Enfim, não estou escrevendo aqui para relatar a conversa de ontem, mas compartilhar algo a respeito do tema conhecimento de Deus.
O Deus criador, aquele que está acima de tudo e de todos, é um Deus que se reve…

A sociedade do anel: motivação para todos os fraters!

Imagem
http://fc04.deviantart.net/fs7/i/2005/191/e/f/The_Fellowship_of_the_Ring_by_evangelinos.jpg


      "— Deixem-me pensar! — disse Aragorn. — E, agora, tomara que eu possa fazer a escolha certa e mudar o destino trágico deste dia infeliz! — Ficou em silêncio por um momento. — Vou seguir os orcs — disse ele finalmente. — E eu teria guiado Frodo a Mordor, acompanhando-o até o fim; mas se o procurar agora nestes lugares desertos vou abandonar os prisioneiros ao tormento e à morte. Meu coração fala claramente: o destino do Portador não está mais em minhas mãos. A Comitiva desempenhou seu papel. Mas nós, que permanecemos, não podemos abandonar nossos companheiros enquanto tivermos forças. Venham! Partiremos agora! Deixem para trás tudo o que for possível! Vamos prosseguir de dia e de noite.
     [...]
     Como uma corça ele saltou à frente. Através das árvores, correu. Sempre adiante conduziu os outros, incansável e veloz, agora que finalmente tinha decidido o que fazer.
     A floresta…

EU TE AMO

Imagem
Eu te amo gravemente
Como onda sem paciência em pedra aguda,
Como quem invadido por luzes e cores,
Como quem engole o dia.

Eu te amo dolorosamente
Como quem sonha e acorda triste,
Como quem come e não engorda,
Como quem chora de alegria.

Eu te amo violentamente
Como medo de não ter,
Como brinquedo de corda,
Como bola de cristal que não pressente.

Eu te amo simplesmente.

O legado Sayajin

Imagem
http://4.bp.blogspot.com/_5_otxmAyI_o/TLyWqb3bttI/AAAAAAAAAAU/mcdxbCCsty0/s1600/fases.jpg


Pode-se dizer que Dragon Ball não é um dos "Top 10" animes cristãos (hauahuahua! Como se houvesse algo assim). Talvez ele esteja no topo da lista contrária... enfim! A questão é que decidi refletir sobre um ponto importante para o cristianismo a partir deste anime. Quem sabe não conseguimos transformar algo "impuro" em algo "puro", como bons filhos da luz?

Um ponto muito interesante em Dragon Ball é a raça dos Sayajins. Esta raça de guerreiros está entre os mais fortes do universo e seu poder pode se aperfeiçoar e evoluir quase que indefinidamente. Goku (ou Kakaroto! huahuahua) é um sayajin que foi enviado à Terra para dominá-la, mas, como era apenas um bebê, um dia levou um tombo e bateu a cabeça, esquecendo-se da missão de dominação que o trouxe ao nosso planeta. Ainda assim, Son Goku cresceu e tornou-se um forte guerreiro, mas ao invés de subjulgar a Terra ele pass…

Um momento a sós com Jesus

Imagem
“É preciso ter um tempo longe daqui, tempo de ficar só” Rodolfo Abrantes" 
"E, enviando logo o rei o executor, mandou que lhe trouxessem ali a cabeça de João Batista. E os apóstolos ajuntaram-se a Jesus e contaram-lhe tudo. E logo obrigou os seus discípulos a subir para o barco e passar adiante, para o outro lado, a Betsaida, enquanto ele despedia a multidão. E, tendo-os despedido, foi ao monte para orar.” Mc6:14-46.
Hoje em dia temos muitos conselheiros: revistas, livros, jornais, filmes, séries, e até desenhos. Alguns têm o privilégio de ter conselheiros no sentido mais pleno da palavra: alguém para desabafar e receber compaixão, correção e direcionamento. Mas creio que é importante seguir o exemplo de Jesus: permitir, de vez em quando, a nós mesmos um tempo a sós, longe da influência de qualquer um destes conselheiros, um tempo para ouvir a voz de Deus, o conselheiro maior.
"Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; e o principado está sobre os seus ombros; e o …