Chun-Li




Chun-Li foi a primeira personagem feminina do jogo Street Fighter II. Somente pelo pioneirismo, ela já merece atenção. Somado a isso, tem-se um tipo físico acentuadamente musculoso aliado a uma personalidade extrovertida, inteligente e muito feminina. Seu estilo é inspirado em garotas chinesas do início do século XX, com penteado e vestimentas bem característicos. Ela inunda o cenário masculino de luta e determinação com um sensível, porém, marcante perfume de mulher. Aliás, o seu nome é Mandarim e significa Chun – primavera/ Li – bonita: cheia da beleza da primavera.

Isso me faz pensar nas realidades contraditórias convivendo juntas nos mesmo espaço: uma mulher cheia da beleza da primavera em um campo de lutas, cercada de espinhos. Essa imagem me fez lembrar o profeta Jeremias, que em meio a um povo idólatra, proferindo uma pregação de juízo e morte, apresenta-se como um homem perseverante, em lágrimas, para cumprir o seu propósito verdadeiro de exaltar a Deus e proclamar “Deus é sublime” (Yirmeyahu em Hebraico, ou Hieremias em Latim).

Deus é sublime e faz sublimar toda a dor e lágrima e luta e realidade adversa e angustiante quando reconhecemos que Ele é a nossa força e a nossa Salvação! Assim por mais dura que seja a aparência (os músculos da Chun-Li; a rebeldia e incredulidade de Israel), a essência – o fim das coisas – é cheio de beleza, de cor, de perfume, é simplesmente SUBLIME! Porque é cheio da misericórdia e do perdão de Deus!

Mas reconhecer o Senhor em todos os nossos caminhos não é fácil. O ministério de Jeremias durou quarenta anos. E as lutas da Chun-Li duram até a quarta geração (Street Fighter IV). Há desafios e dificuldades no caminho, mas o principal é estar em cada fase, em cada luta com Deus à frente! É Ele quem nos capacita e quem nos dá a vitória!

Jeremias (12:5) nos exorta: “Se te fatigas correndo com homens que vão a pé, como poderás competir com os cavalos? Se tão-somente numa terra de paz estás confiado, como farás na enchente do Jordão?”. Nós iremos competir com os cavalos. Isso é certo, se nos apropriarmos das técnicas certas. A Chun-Li possui golpes rápidos, em especial o Hyakuretsukyaku, no qual ela disfere uns cem chutes de uma vez. A agilidade dos seus golpes permite que ela seja uma competidora difícil de ser derrotada. Deus quer que sejamos ágeis na luta espiritual que travamos todos os dias, mas a nossa agilidade precisa estar pautada em oração, jejum e leitura diária da Palavra do Senhor. Somente exercitando assim a nossa fé, conseguiremos disferir incontáveis chutes seguidos no pecado, sem nos cansarmos. Porque a nossa luta não é com a carne, por isso não devemos nos fatigar correndo com os homens, mas nossa luta é contra adversários espirituais, que esperam que nos afastemos de Deus para nos derrubar. Não vamos deixar que assim aconteça, mas vamos permitir que o Senhor nos comande e seja Sublime em nossas lutas, fazendo-nos verdadeiros lutadores fortes e cheios de beleza como a Chun-Li.

Nenhum comentário:

Postar um comentário