A quarta parede

http://www.bu.edu/fitrec/programs/dance/images/BUDanceTheater.stage.2.JPG

Os gamers de plantão devem conhecer a expressão "romper a quarta parede" muito utilizada para se referir aos games que interagem com o jogador e que revelam a ficcionalidade do próprio jogo (o jogo se revela como jogo e não como algo da realidade material). Para explicar melhor o que isso quer dizer trouxe a imagem abaixo, extraída do filme Spaceballs (Spaceballs: S.O.S., tem um louco solto no espaço, no Brasil). A imagem captura um momento do filme em que os personagens decidem assistir ao filme Spaceballs (de que fazem parte) para saber onde os fugitivos estão, pois eles não conseguem detectar pelo radar. Então, o oficial pega uma cópia do filme e passa na TV e termina passando o vídeo no exato momento em que eles estão olhando o filme dentro do filme, causando um efeito infinito e revelando que o filme é um filme e não pretende ser real (diferente daqueles filmes que "são feitos" com câmeras escondidas ou através de gravações encontradas).

http://i21.photobucket.com/albums/b300/spacemonkey_fg/More%20Random%20Pics/Fourth13.jpg

A ideia da quarta parede surgiu no teatro italiano, que buscava dar maior efeito de realidade à encenação artística. O palco, assim, passou a ser construído em forma de "caixa" de forma a se distinguir do local do público e foi "cercado" por três "paredes" e onde seria a quarta ficou um espaço aberto, para que a platéia possa ver o espetáculo, como de uma janela. No entanto, para as personagens na peça teatral é como se houvesse uma quarta parede no local onde está o público e, assim, se cria a ilusão de realidade da peça. (Veja na imagem abaixo a ideia do palco e da abertura no local onde seria a quarta parede).

http://www.electriclodge.org/images/photos/TheaterStageWithCurtains.jpg

O efeito de "romper a quarta parede", então, é quando os atores interagem com o público, revelando que, de fato, não existe uma quarta parede e que a peça não é uma cena da vida real, mas apenas uma criação artística. Da mesma forma, esse efeito ocorre em jogos de videogame, em filmes, em livros, etc. Rompe-se com a distância entre a obra de arte e o expectador, aumentando a interatividade e a co-participação do expectador na criação artística.

O.k., que legal, mas por que escrever sobre isso? Bem, estive pensando no relacionamento de Deus comigo e de como Ele anseia em "romper a quarta parede".

Assim como os italianos, nós criamos esse palco e essa distância entre Deus e a humanidade. Por causa de nosso pecado, Deus, o diretor, roteirista e produtor da grande peça "O Ser humano", foi relegado à platéia e deixado de lado para ver como nós mesmos encenaríamos nossa história. No entanto, Deus não é do tipo que fica sentado vendo "o circo pegar fogo". Não, ele sabia o que fazer para retomar a peça ao script inicial: ele colocou seu filho no elenco e deu a ele o roteiro original em que ele é o protagonista. Por isso, Jesus veio, rompendo a quarta parede e nos mostrando como a peça deveria seguir, mostrando que existia um outro roteiro para o homem e que agora, todos que quisessem poderiam ter suas vidas dirigidas diretamente pelo Diretor e roteirista do universo. Bastava apenas jogar fora o roteiro adulterado e seguir o roteiro original.

Agora, o Diretor tem livre acesso ao palco, por causa do Filho. E todos os que quiserem podem se deixar ser dirigidos por Ele. E é isso que quero fazer. Quero a cada dia deixar de lado esses rascunhos mal escritos por mim mesmo e quero seguir o roteiro original da peça de Deus. Quero deixar de lado minhas pretensões e deixar que Jesus seja o protagonista de minha vida. Quero agir como ele age para assim ter a melhor performance possível. Quero aprender verdadeiramente a ser um ser humano como Deus me planejou para ser.

Posso improvisar e seguir um script diferente se quiser. Posso fingir que existe uma quarta parede e que minha vida se resume a esse palco, que chamamos de mundo. Mas não é isso que quero. Quero permitir que Deus entre nesse palco e mude minha atuação. Quero que Ele conduza meus passos e o meu agir. Quero deixar de seguir meus rabiscos e quero dar vida à plenitude por Ele criada no roteiro para o ser humano. Que eu possa, de fato, permitir todos os dias que Deus rompa a quarta parede de minha vida e tenha livre acesso ao meu interior. Amém!


Um comentário: