Código Lambda


Não há Amor sem Fraternidade,
Não há Fratrenidade sem Devoção,
Não há Devoção sem Perseverança,
Não há Perseverança sem Auto-Controle,
Não há Auto-Controle sem Conhecimento,
Não Conhecimento sem Virtude,
Não há Virtude sem Fé.
Não há Medo.
Há Poder, Amor e Equilíbrio.

8 comentários:

  1. "Não há medo"

    Essa é a parte do código que mais me instiga. A noção de que o medo é algo estranho, algo "não natural" (no sentido de que não deveria estar presente no ser humano).

    No entanto, como padawan que ainda sou (se ainda não for um youngling), ainda tenho meus medos. Sei que é algo que deverá sair aos poucos, pela caminhada no amor, mas é algo que ainda me incomoda bastante.

    "Há poder, Amor e Equilíbrio", esse é o propósito da vida de um frater. Talvez (quase convicção) alcance estas coisas de forma parcial, mas quando vier o que é perfeito...
    então, veremos as coisas como elas são, de fato.

    ResponderExcluir
  2. Wesslen, o medo faz parte de nós. E creio que isso é normal quando não nos paralisa. O medo, muitas vezes, é o que nos faz refletir antes de fazermos algo.

    Laise

    ResponderExcluir
  3. Entendo seu ponto de vista, Laise. Mas acredito que o que nos faz refletir antes de agir não é o medo, é a sensatez. Pelo menos, é o que se espera de cristãos. Pois o medo prevê punição, prevê pena. A sensatez, ou precaução, deseja evitar o erro, não por causa de uma possível penalização, mas por querer fazer o certo.

    ResponderExcluir
  4. Exato. Medo não é a palavra mais apropriada. Precaução ou no máximo reserva seriam mais indicadas para o sentimento descrito pela Laise.

    ResponderExcluir
  5. Concordo, e sugiro que seja modificado. Alguém sugere algo novo para este nosso código!?

    ResponderExcluir
  6. Huahuahuahuahua! Pois é, Gilton, acho que cabe a você, que acha que deve haver alteração, sugerir a alteração no código! Mas argumente bem!!!

    ResponderExcluir
  7. Blasfêmia!!! Rassssssssg (lá se foi uma camisa novinha)!!!! O código é o Código. Completo em si mesmo!! Nós nos adaptamos ao código, não ele a nós. Blasfêmiaa!!!

    ResponderExcluir