A força, a devoção, a sabedoria e o Lado Sombrio

Estava, mais uma vez, refletindo sobre questões profundas de nossa existência, quando me lembrei de pensamentos que me ocorreram "a long time ago" e que podem ser proveitosos para todos nós.

Há um versículo interessantíssimo das Sagradas Letras e que usarei como base para minha linha de pensamento: "Aquele, pois, que cuida estar de pé, olhe não caia" I Co 10:12

Certa vez, prevendo que uma ação de um amigo meu o levaria a sofrer consequências penosas, o adverti que não tomasse tal atitude. Ele por sua vez respondeu que não temia, pois, sentia-se firme e forte. Temi por ele, mas conhecendo sua teimosia só pude esperar o pior. Dito e feito. Após o desastre, o mesmo me procurou para lamentar sua desventura. Então me lembrei do versículo supracitado.

Há três personagens bíblicos, cujas histórias de seus feitos são impressionantes. Sansão, Davi e Salomão, seu filho. Sansão era conhecido por manifestar uma força sobrehumana quando possuído pelo Espírito do Deus. Davi era conhecido por sua devoção e por ter um coração semelhante ao de Deus (uau). Salomão por sua vez recebeu de Deus tamanha sabedoria que ninguém, nem antes, nem depois, se igualou a ele.

O mais forte, o mais devoto e o mais sábio. Todos realizaram proezas incríveis. E todos também tiveram suas vidas marcadas por grandes quedas. Sansão, em um segundo casamento desastroso, teve sua confiança traída por sua esposa, teve seus cabelos rapados (os quais eram o símbolo de seu pacto com Deus, que fornecia pra ele seus "super poderes"), foi capturado por seus inimigos, cego e posto para rodar a pedra de um moinho. Davi, após deixar de ir para uma guerra onde deveria estar, encantou-se por uma mulher casada, cometeu um adultério, e para encobrir o adultério, um homicídio. Salomão violou as leis de seus antepassados e casou-se com mulheres estrangeiras que em sua velhice o induziram à idolatria.

Fico a pensar: O mais forte caiu. O mais devoto caiu. O mais sábio caiu. O que será de mim?
Consola-me saber que "o Senhor conhece nossa estrutura, lembra-se que somos pó". Porque quem sou eu, senão um homem cheio de falhas e com tão poucas virtudes. Todos somos traídos pelo lado sombrio da natureza humana, essa nossa tendência ao mal, ao pecado, que nos afasta de Deus e das pessoas que mais amamos.

Resta-nos lembrar que se pensamos que estamos de pé, devemos ter cuidado para não cair. Anakin Skywalker caiu, Luke Skywalker também caiu e até mesmo Cade Skywalker caiu, eu, pobre padawan, devo multiplicar meus esforço para permanecer de pé. Reconhecer a própria fraqueza é o primeiro sinal de força.

Vida Longa e próspera a todos, e que o Senhor livre nossos pés da queda.

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Amém!

    Muito bom o texto, brother! Meus parabéns! É verdade! Os fortes caem, os devotos e sábios também, mas aquele que confia no Senhor não tem confiança em si mesmo. Sua força, devoção e sabedoria estão em Deus e nEle depositam toda a Fé e confiança.

    Devemos sempre reconhecer que não temos as armas para salvar a nós mesmos. Não temos possibilidades de sair de nossos próprios atoleiros. Quem está preso em areia movediça não tem como sair sozinho (acho que só o Barão de Munchausen conseguiu tal façanha puxando o próprio corpo pelos cabelos! hauhauhaua).

    Acho que Paulo já disse quase tudo sobre isso (e sobre muitas outras coisas). Por isso, fecho com as palavras dele:

    "Porque a loucura de Deus é mais sábia do que os homens; e a fraqueza de Deus é mais forte do que os homens. Porque, vede, irmãos, a vossa vocação, que não são muitos os sábios segundo a carne, nem muitos os poderosos, nem muitos os nobres que são chamados. Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes; E Deus escolheu as coisas vis deste mundo, e as desprezíveis, e as que não são, para aniquilar as que são; Para que nenhuma carne se glorie perante ele. Mas vós sois dele, em Jesus Cristo, o qual para nós foi feito por Deus sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção; Para que, como está escrito: Aquele que se gloria glorie-se no Senhor."

    (I Coríntios 1. 25-31, ARA)

    ResponderExcluir